Por: João Marcos | 5 anos atrás

Segundo o Corpo de Bombeiros, não há mortos, mas já há registro de pessoas intoxicadas no hospital da cidade, e os os casos mais graves estão sendo levados para Joinville.

O coordenador regional da Defesa Civil, Antônio Edival Pereira, a fumaça causa irritação na garganta, náuseas e, em casos mais graves, insuficiência respiratória. A orientação é para os moradores procurarem locais arejados. Segundo o Corpo de Bombeiros, até as 11h30m, 150 pessoas haviam sido atendidas no Hospital Nossa Senhora da Graça.

Nesse link, você pode acompanhar imagens ao vivo do incêndio através de câmeras instaladas pela cidade e em praias vizinhas.