Por: João Marcos | 3 anos atrás

Quem tem um cachorro sabe que é muito difícil de resistir àquele olhar de pidão canino à beira da mesa, clemente por experimentar um pedacinho de qualquer coisa que estejamos comendo. Sempre acabamos oferecendo aos nossos pets os mais variados alimentos por carinho, no entanto, não pense que essa atitude pode ser boa para eles… Na verdade, certos alimentos podem fazer mal aos bichinhos, chegando a causar-lhes doenças. Confira esta lista:

destaque_alimentos-prejudiciais

10 – Chocolate
Para nós, o chocolate é uma criação dos deuses, mas para os cães pode ser fatal. Isso porque o chocolate contém teobromina, substância parecida com a cafeína. Até pequenas quantidades de chocolate podem provocar nos cães vômito, diarreia, sede excessiva, além de tremores, convulsões, alteração nos batimentos cardíacos, alergias e intoxicação.

9 – Bebidas alcoólicas (tem gente que dá isso pro cachorro?)
Parece engraçado dar um pouco de cerveja ou caipirinha para seu cachorro lamber (acredite, muitas pessoas se divertem fazendo isso!). Contudo, as bebidas alcoólicas, assim como o chocolate, provocam vômitos, diarreia, alterações no sistema nervoso central, problemas de coordenação, dificuldade respiratória, coma e até a morte. Além disso, quanto menor o cão, maior o efeito. Portanto, nada de embriagar seu cachorrinho.

8 – Uva ou uva passa
Nem todas as frutas fazem bem ao estômago dos cachorros. É o caso da uva ou da uva passa. Elas podem causar insuficiência renal precoce, vômitos, chegando a deixar os bichinhos bastante apáticos.

7 – Macadâmia
A macadâmia, mesmo em pequenas quantidades, pode envenenar seu cão, levando-o à morte. Quando ingeridas por cães, essas nozes provocam graves sintomas, como tremores musculares, fraqueza ou paralisia dos membros posteriores, vômitos, temperatura corporal elevada e frequência cardíaca rápida. Desesperador, não é mesmo?

Alimentos-q-n-pode

6 – Alho e cebola
Tanto o alho quanto a cebola causam a destruição de células vermelhas no sangue dos cães, levando-os à anemia. Além disso, em grandes quantidades, o alho e a cebola provocam intoxicação, fazendo os cachorros apresentarem sintomas como fraqueza, vômitos, apatia, falta de apetite e de ar.

5 – Abacate
O abacate é considerado um dos alimentos mais perigosos para cães, segundo a ASPCA (sigla em inglês da Associação Americana de Prevenção à Crueldade com Animais). O grande vilão do abacate é a substância Persin, que é altamente tóxica e letal para cães. Evite qualquer tipo de contato desse alimento com seus cachorrinhos.

4 – Bebidas com cafeína
Se faz mal para os humanos, que dirá para bichos, não é mesmo? Pois a cafeína pode ser letal para o cachorro, sem a possibilidade de reversão. Ao ingerir cafeína, o animal tem uma reação muito parecida com o envenenamento. A substância o deixa agitado, com a respiração acelerada, palpitações cardíacas, tremores musculares, convulsões e sangramentos. Não pense que é só o café que contém cafeína, bebidas como refrigerantes, à base de cacau e energéticos também possuem a sustância em sua formulação. Sem contar que também existem medicamentos humanos que contém cafeína, como os analgésicos e antitérmicos.

3 – OSSOS

osso-cachorro
Quem nunca deu um ossinho de galinha para seu cachorro? Entretanto, os ossos são, muitas vezes, os responsáveis por lesões nos dentes e boca dos cães. Pode levar até a problemas estomacais, se pedacinhos do osso ficarem colados na parede no estômago do bicho, ou então provocar hemorragia, caso o animal engula um pedaço pontiagudo. A melhor opção são as versões industrializadas dos ossos, que não apresentam esse tipo de risco.

2 – Frutas com sementes
Algumas frutas fazem bem à saúde dos animais, mas suas sementes não. O perigo consiste na inflamação que os caroços das frutas podem causar no intestino delgado dos cães. Outro problema é que as sementes em algumas situações causam obstruções, hemorragias e até envenenamento. Busque sempre retirar a semente das frutas antes de oferecer ao seu cão.

1 – Doces e comidas açucaradas
Alguns especialista afirmam que o açúcar é a nova droga da modernidade, causando diversos danos à saúde. Eis pois que com os cães não seria diferente. Na realidade, pode ser até pior. Os doces possuem o xilitol, substância responsável pelo aumento da insulina que circula no corpo do cachorro, podendo levá-lo à insuficiência hepática. Com a ingestão de açúcar, seu cachorro pode ter vômitos, letargia e perda de coordenação e convulsões.


Fonte: Macaco Velho