Por: Deivis Chiodini | 5 anos atrás

O UFC volta aos eventos nesse final de semana com um evento menor, a final da 18° edição do TUF americano, que pela primeira vez contou com mulheres e com treinadoras também, Ronda Rousey e Miesha Tate, que se enfrentarão em 28 de dezembro. No main event, o fim de uma trilogia entre Nate Diaz e Gray Maynard promete pegar fogo. Por ser um evento menor, o card principal é quase todo composto por integrantes do programa, então vamos analisar apenas o o main event e as duas lutas que decidirão os campeões do programa. No card preliminar, olho na luta do brasileiro ex campeão do ADCC Rani Yahya.

Maynard-vs.-Diaz

Chris Holdsworth x Davey Grant (categoria dos galos): Dois lutadores de solo natos se encontram para definir o campeão do TUF 18. Holdsworth é um pouco mais jovem, e conta com uma pequena vantagem na luta de pé, onde mostra melhor movimentação e algumas boas combinações de chutes e socos. Na luta agarrada, Grant gosta mais do clinche e já mostrou algumas fragilidades na defesa do triângulo, o que faz de Holdsworth um pouco favorito nesse quesito também.
Palpite: Luta dura, com muitos momentos de solo, mas em que a juventude de Holdsworth irá se sobrepor e finalizar no 2° round

Julianna Pena x Jessica Racoczy (categoria dos galos feminina): Um duelo de entre duas zebras decidirá a primeira campeã de um TUF. Uma luta em que não a segredos. A veterana de 36 Racoczy é uma striker, que gosta do jogo de muay thai e vai tentar controlar a distância, assim defendendo as quedas e evitando o jogo de solo da pequenina descendente de venezuelanos Julianna, que se não mostrou um jogo extremamente técnico no chão, demonstrou um estilo visceral, com finalizações muito fortes, sempre bem encaixadas.
Palpite: Julianna esta numa crescente e leva pro finalização no 1° round

Gray Maynard x Nate Diaz (categoria dos leves): Uouuuuu, temos aqui uma luta que merece muito mais atenção do que a mídia tem dado! Gray Maynard e Nate Diaz são dois dos melhores lutadores dessa categoria e costumam nos presentear com grandes lutas. Ambos estão vindo de derrotas inesperadas (para TJ Grant e Josh Thompson respectivamente) e precisam da vitória para alçar voos maiores. Além disso, temos aqui um histórico entre eles. No TUF 5, nas lutas na casa (que por isso não consta no cartel oficial) Diaz finalizou Maynard com uma guilhotina e posteriormente ganhou o programa. Os dois se reencontraram em 2010, numa luta muito equilibrada em que os juízes deram por decisão dividida vitória para Maynard (eu dei empate na minha contagem). Gray é o típico lutador americano. Wrestler do mais alto gabarito, usa bem
a trocação e sempre que pode prensa o adversário na grade, clincha, derruba e trabalha seu bom ground and pound. Lhe falta um pouco de poder de nocaute, pois acaba a ampla maioria de suas lutas por decisão. Já o mais novo dos irmãos Diaz, tem todo seu estilo bad boy, mas é um lutador que se em pé lhe falta uma técnica mais refinada, no
solo é perigoso demais, com belos ataques na guilhotina quando tenta ser derrubado e muitas finalizações no triângulo quando por baixo. Promessa de grande luta.
Palpite: Maynard vai controlar a distância e quando clinchar, vai acabar no solo, onde Diaz irá finalizar no 4° round.